You are currently viewing Como escolher uma central de incêndio endereçável?

Como escolher uma central de incêndio endereçável?

Um fator importante a ser considerado em qualquer edificação, especialmente em espaços que reúnem uma quantidade elevada de pessoas, é o risco de ocorrência de incêndio. É fundamental fazer um planejamento, considerando os pontos mais vulneráveis do local e todas as possibilidades de riscos.

É imprescindível que no momento da instalação de um sistema de incêndio, você tenha uma central de incêndio endereçável. Essa central permite a identificação de cada aparelho com um número específico, que é o seu endereço.

Durante as emergências, ela indica com precisão qual foi o aparelho que soou o alarme, de modo que as ações sejam mais rápidas e eficientes. Mas como escolher essa central? Mostraremos aqui como você pode efetuar essa escolha!

1. Considere o tamanho do ambiente em que será instalada a central

Primeiramente, é importante avaliar as dimensões do espaço em que será instalada a central de incêndio endereçável. De modo geral, a central é recomendável para ambientes grandes. Mas é importante considerar a área que a central deverá cobrir e a quantidade de aparelhos que será necessária para garantir a eficiência do sistema de prevenção e combate a incêndios.

Se a área é muito grande e está exposta, em diferentes pontos, à vulnerabilidade de incêndio, quanto maior a capacidade da central, melhor será. É fundamental que ela dê suporte a todos os equipamentos que deverão ser integrados a ela, fornecendo identificação a cada um.

2. Avalie a economia do sistema e conte com uma solução sustentável

É normal que uma central de maior capacidade também consuma mais energia elétrica. Mesmo assim, vale a pena pesquisar em diferentes lojas o consumo para equipamentos com a mesma capacidade. Isso não é difícil, basta atentar para as especificações técnicas registradas no e-commerce, se você fizer uma compra online.

Com a conta de luz aumentando com certa frequência, convém procurar soluções mais econômicas. Produtos com eficiência energética e que permitam que a edificação tenha condições de ser mais sustentável. O custo-benefício energético é um fator relevante para uma compra satisfatória.

3. Escolha uma loja especializada para a compra do equipamento

É importante fazer sua compra em uma loja que seja especializada na fabricação e comercialização de equipamentos para prevenção e combate a incêndio. A loja especializada, não apenas vende, como pode orientar e indicar os equipamentos mais apropriados.

É preciso adquirir os equipamentos que sejam compatíveis com a central de incêndio endereçável, que também devem ser endereçáveis. A loja pode fornecer informações sobre eles e disponibilizá-los para venda: detectores de calor, detectores de fumaça, detectores de chama, acionadores manuais e rearmáveis, sirenes audiovisuais e outros. Dessa maneira, o custo-benefício será ainda mais vantajoso.

4. Entenda as diferenças ente os tipos de central de incêndio endereçável

Falaremos agora rapidamente de dois tipos de central de incêndio endereçável. Apresentam muitas semelhanças, mas têm algumas diferenças.

A Central Endereçável JB-QB-5Ei possui 2 laços, capacidade dividida entre laços de 32 a 500 a pontos e um consumo de 3 watts em supervisão e 10 watts em alarme. Já a Central Endereçável JB-QB-5EiX possui entre 3 a 10 laços, capacidade dividida entre laços de 750 a 2.500 pontos e um consumo 30 watts em supervisão e 100 watts em alarme. O segundo tipo é um modelo mais avançado da primeira central.

Essas são algumas dicas para você escolher corretamente a central de incêndio endereçável mais adequada ao seu projeto de sistema de prevenção e combate a incêndio.

Já conhece uma empresa confiável que fabrica e vende centrais de alarme e seus respectivos equipamentos? Aproveite para nos conhecer melhor! Siga nossa empresa nas redes sociais: dê uma passada no Facebook e no Youtube.

Fonte: http://blog.skyfire.com.br/como-escolher-uma-central-de-incendio-enderecavel/

Deixe um comentário